Chefs no Campus reúne 4.500 pessoas na Faculdade Max Planck

Primeira edição do festival gastronômico apresentou um charmoso cardápio para o público
Por Márcio Aguiar

Neste final de semana, o público de Indaiatuba teve a oportunidade de degustar pratos de diversos restaurantes da cidade num só lugar – e o que é melhor, a preços superacessíveis! Trata-se do Festival Gastronômico Chefs no Campus, realizado pela Faculdade Max Planck, que promoveu sua primeira edição no domingo (dia 1º) no campus da unidade I. Ao todo, a iniciativa reuniu 10 barracas gastronômicas, oferecendo iguarias de culinárias diversas, em estilo comida de rua e com preços de até R$ 20. Cerca de 4.500 pessoas tiveram acesso a pratos de culinárias diversas, entre elas, francesa, italiana, regional e oriental, além de doces finos. Restaurante Bastião, Bistrô Le Triskell, Temakeria Daishô, Hamburgueria Rock Diner, Amadeu Restaurante, Green House Gourmet, Brancotinto Vinhos e Bistrô, Ateliê Taiyô, Chopp do Alemão e Sorveteria Fruity, incremetaram o cardápio da feira gastronômica, oferecendo acepipes, em preparações culinárias ligeiras, simples ou elaboradas, mas, todas com requinte gourmet.

 Simples e saborosos

Exemplo disso é a Rabada Desfiada com Angu, preparada pelo Restaurante Bastião. A iguaria regional, feita com rabada preparada em panela de ferro acompanhada de polenta e recoberta com agrião, não é inédita, mas traz o toque do chef Fernando Putz Penteado. É também o preparo único que destaca o Ceviche de Congro e Camarão ao Leite de Coco, receita da Chef Giselle Mattos, do bistrô Le Triskell, preparada com filé de congro rosa, espécie de peixe confundido muitas vezes com a enguia comum, e camarão, regados ao leite de coco com gengibre e cebola roxa cortada em juliana.

O Guisado de Cordeiro com Pipoca Aromática, assinado pelo chef Igor Furlan, do Amadeu Restaurante, preparado com cordeiro, legumes frescos, da própria horta do restaurante e especiarias selecionadas especialmente, desenvolvendo uma cozinha autoral com técnicas clássicas e adaptadas ao paladar brasileiro.

O Picadinho de Filé Mignon ao Creme de Gorgonzola e Maçã Verde com ‘Tartiflette’ de Queijo Reblochon e Mix de Folhas, é assinado pelo renomado Chef Sèbastien Michault e remete a trajetória do chef francês. Segundo o chef, trata-se de um prato que diz muito dos estudos gastronômicos realizados por ele.

O Daishô Restaurante, do chef João Alves de Moraes apresentou o Combinado de Sushi e Sashimi, preparado com sashimi de salmão e sushi tradicional, preparados com peixe cru e arroz, uma oportunidade e tanto para os apreciadores da culinária japonesa. Já o Ateliê Taiyô, da chef Yoriko Narimatsu, apresentou ‘doces pecados’, doces gourmets dos mais variados tipos: Brigadeiro Gourmet, Camafeus e Bombons, cujo preparo se diferencia dos tradicionais, pela utilização de ingredientes mais nobres, e uma dose de criatividade utilizada pela chef Narimatsu.

Os vinhos brancos, tintos e espumantes foram apresentados pela Brancotinto Vinhos, da sommelière Josi Pieri acompanhados pelas deliciosas empanadas de carne e queijo, assinadas pela chef Samantha Nicoli do Bistrô Brancotinto, num harmonizado menu de degustação.

Práticos e Sobremesa

Não menos requintados, porque os lanches da Hamburgueria Rock Diner não podem ser chamados de um simples sanduíche, fizeram muito sucesso. Prova disso, é o Burguer Artesanal de Linguiça, feito com pão integral 7 grãos, burguer de linguiça flambado no uísque ‘whisky’ Jack Daniels, queijo cheddar, alface e tomates selecionados, criado pelo chef Vinicius Souza.

Além de pratos gourmets em versões com apresentações simplificadas, o público também pode apreciar saborosas sobremesas da sorveteria Fruity, que proporcionou aos mais exigentes paladares, deliciosos sorvetes com sabores diversos e texturas, com apelos e características que remetem a lembranças do clássico artesanal. As bebidas ficaram a cargo do Chopp do Alemão, que serviu um delicioso chopp, cuja textura do trigo dá a sensação de uma bebida macia e cremosa, além de refrigerantes, sucos e água.

Para o professor e chef Adriano Emídio, coordenador do curso de Gastronomia e um dos participantes da iniciativa, o público presente no Chefs no Campus, foi uma grata surpresa. “Estou feliz de estar participando dessa edição, que acredito que será a primeira de muitas edições deste festival gastronômico”, contou.

De acordo com a gestora de marketing da Faculdade Max Planck e organizadora do Chefs no Campus, Tatiana de Oliveira, devido ao sucesso do evento, a festa será incorporada ao calendário da faculdade e certamente no calendário do município como referência de festival gastronômico da cidade. Ela explicou que o público rotativo presente na Max, atingiu as estimativas da organização. “Foi mais um grande evento da Max, abraçado pelos alunos, população e amantes da alta gastronomia”, citou. Ainda conforme ela, já existem planos para a realização da 2ª edição do evento.

 

<< VOLTAR