Cursos de Psicologia da UniMAX e UniFAJ promovem projeto “Saúde Mental em Dia”

Cursos de Psicologia da UniMAX e UniFAJ promovem projeto “Saúde Mental em Dia”

Iniciativa visa contribuir com a promoção da saúde mental, especialmente, da comunidade acadêmica, em tempos de incertezas provocadas pela pandemia do novo Coronavírus

 

“Estamos vivendo uma situação bastante peculiar e, diante disso, os cursos de Psicologia da UniMAX e UniFAJ estão desenvolvendo o projeto ‘Saúde Mental em Dia’. O projeto visa contribuir com a promoção da saúde mental, especialmente, de nossa comunidade acadêmica”, conta a equipe técnica do projeto.

Organizado em parceria pela coordenadora de Psicologia da UniMAX, Raquel Gonçalves Silveira Alves, a coordenadora do mesmo curso na UniFAJ, professora Vanessa Cristina Cabrelon Jusevicius e pela professora Ana Silvia Sanseverino Rennó, o projeto já iniciou suas ações através do compartilhamento de conteúdos e materiais em diferentes formatos online, relacionados ao contexto atual, visando contribuir com a promoção da saúde mental da comunidade acadêmica e da comunidade externa. Além disso, o projeto deu início no dia 08 de abril  à  Roda de Conversa Online, espaço em grupo de acolhimento e reflexões destinado aos discentes dos cursos. 

“Estamos num cenário bem diferente: o aparecimento de uma doença que nos colocou em situação de afastamento das pessoas, das atividades de trabalho e em recesso escolar. É natural que diante de uma situação desconhecida, de incertezas e de ameaça real, a ansiedade e o medo estejam presentes em nosso dia a dia, e nos deixem mais vulneráveis. Entretanto, é importante o exercício intencional de algumas ações com o intuito de minimizar sofrimentos emocionais, buscando estratégias de enfrentamento”, ressaltam as organizadoras do projeto.

As docentes destacam também que neste momento de afastamento social é muito importante preservar a saúde uns dos outros e igualmente utilizar a tecnologia disponível para manter contato assíduo com familiares e amigos, porém é necessário estar atento ao excesso de informação que pode contribuir com o agravamento da ansiedade. “É indicado diminuir a busca por informações excessivas que podem acarretar o agravamento do sofrimento e procurar fontes confiáveis para nos mantermos atualizados e direcionados para aquilo que ajudará a tomarmos atitudes práticas para promoção de bem-estar”, dizem.

De acordo com as psicólogas, estas ações podem ajudar a diminuir o sofrimento emocional, a melhorar as relações sociais e a qualidade de vida. “Estamos todos juntos nessa jornada e sairemos mais fortes e resilientes, com muitos aprendizados e com a oportunidade de melhorarmos nossa capacidade de empatia e compaixão, ou seja, um aprendizado muito além do teórico”, concluem.

 

Confira nos links abaixo outras iniciativas da UniMAX para minimizar os impactos do novo Coronavírus:

 

 

 

 

Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)