Gastronomia realiza atividade prática com pernil

Gastronomia realiza atividade prática com pernil

Linha do tempo degustável trouxe à tona temperos de diversas épocas

Por Giovana Nava

 

Os alunos do 4º semestre de Gastronomia da Faculdade Max Planck realizaram, na segunda-feira, 14, uma atividade prática diferente. Foi feita uma linha do tempo degustável com o pernil de porco, na qual os alunos temperaram a carne conforme a época.

De acordo com o supervisor da atividade, professor Marcelo Alves Cerdan, a linha do tempo foi dividida em quatro épocas. “Iniciamos a atividade na Idade Média, passando pelo Renascimento e Alta Gastronomia Francesa, nos séculos 17 e 18, até chegar na Revolução Industrial”, conta o professor, que ressalta que o objetivo da atividade foi encontrar um sabor original. “Com exceção da última, usamos pernil de porco para todas as fases, buscando diferenciar o sabor com a intensidade dos temperos”, explica.

Para os alunos, a atividade que integrou a disciplina Comportamento Organizacional trouxe novos conhecimentos. A estudante Maria Beatriz da Silva, 49, que preparou o pernil da Idade Média, conta que a experiência a fez entender os costumes do passado. “Naquela época não existia geladeira, portanto aprendemos que a carne era preparada com muito sal e especiarias fortes como o cravo, canela e ervas, para tentar mascarar o cheiro forte”, conta Maria Beatriz.

A atividade também trouxe a chance de desfrutar de uma comida diferenciada. “Pudemos mostrar que é possível entender a história também pela comida”, finaliza o professor Marcelo.