Grupo UniEduK auxilia realização de teste de COVID-19 em gestantes em Indaiatuba

Grupo UniEduK auxilia realização de teste de COVID-19 em gestantes em Indaiatuba

Ação promovida pela Prefeitura de Indaiatuba recebeu apoio de estudantes de Enfermagem da UniMAX. Ao todo 294 gestantes foram atendidas

 

Alunos do curso de Enfermagem da UniMAX (Grupo UniEduK) contribuíram com a ação, promovida pela Prefeitura de Indaiatuba, de testagem de COVID-19 em gestantes. O teste foi feito gratuitamente e aconteceu no sistema drive-thru, em frente ao Centro de Convenções Aydil Bonachela.

De acordo com órgão municipal, o objetivo foi mapear e apontar o número de gestantes do município que já tiveram contato com o Coronavírus e assim nortear as ações de saúde no controle da pandemia.

Para ter acesso a testagem, a gestante teve de levar seu cartão de pré-natal que também passou por revisão da equipe de saúde. Àquelas que não apresentavam sintomas fizeram o teste rápido, IgG e IgM, que são anticorpos que o organismo produz quando entra em contato com algum tipo de micro-organismo invasor, que identifica se a pessoa está com o vírus ou se já teve contato, e se possui a imunidade.

Já as gestantes que apresentavam sintomas da doença fizeram o RT-PCR e foram orientadas pela equipe médica de acordo com o quadro clínico.

Ana Letícia Moralez de Mattos foi uma das estudantes que participaram e considera a ação de extrema importância, principalmente, no cenário atual. “Foi uma experiência enriquecedora poder colaborar com a Prefeitura na testagem e mapeamento da contingência do Coronavírus em gestantes da cidade”, destaca.

Também aluna do curso de Enfermagem, Flávia Ferreira Ramos Rodrigues contribuiu com a ação e fala sobre a importância da experiência para a vida profissional. “Acho que a maioria das experiências tendem a nos ensinar como sermos, mas diante de algumas experiências, prefiro evidenciar para mim coisas produtivas e, principalmente, diferente daquilo que não concordo, ou seja, do profissional que não quero me tornar e como posso contribuir de forma mais efetiva para melhoria do atendimento, e qualidade de quem trabalha comigo, do prazer em estar com diferentes pessoas e ao mesmo tempo conseguir enxergar a visão da mão de obra que reflete diretamente no âmbito administrativo , colaborativo e porque não satisfatório”, salienta.

O professor Alexandro Marcos Menegócio, orientador pedagógico do curso de Enfermagem acrescenta que o inquérito sorológico em gestantes, organizado e realizado pela Prefeitura de Indaiatuba, foi um evento muito bem planejado e nesse sentido os alunos puderam aprimorar suas práticas de enfermagem, mais também vivenciar momentos de integração com a comunidade e a dinâmica de um processo de trabalho em equipe.

Ao todo foram atendidas 294 gestantes. Para as mulheres que realizaram o RT-PCR, os resultados de exames serão passados por meio de contato telefônico para as gestantes e o laudo impresso entregue na Unidade Básica de Saúde a qual pertencem.

Com informações: Prefeitura de Indaiatuba

 Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)

Foto: Arquivo Pessoal