Lactário do HAOC recebe visita de estudantes de Nutrição

Lactário do HAOC recebe visita de estudantes de Nutrição

-Publicado em 18/05/2016-
Alunos da Max Planck foram conferir o funcionamento do serviço no Hospital

 

A importância da amamentação, especialmente nos seis primeiros meses de vida do bebê, é um assunto que tem ganhado cada vez mais destaque. O que pouca gente sabe é que o nutricionista pode ter um papel fundamental nessa etapa, a começar dentro dos hospitais, logo que o bebê nasce. E foi exatamente pra conhecer de perto esse trabalho que um grupo de alunos de Nutrição participou de visita técnica ao lactário do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC), em Indaiatuba.

“Na impossibilidade de aleitamento materno ou na complementação, podemos utilizar as fórmulas infantis, conforme orientação do médico e nutricionista. E é no lactário hospitalar onde se manipula e distribui as fórmulas infantis para estes casos”, explica o professor Alexandre de Oliveira Camargo, responsável pela iniciativa. No total, 30 estudantes do 7º semestre participaram da visita, que esteve ligada à disciplina de Nutrição Clínica Infantil.

Construído recentemente, o lactário do HAOC atende a todas as exigências da legislação vigente. Os alunos puderam conferir todas as áreas, como salas de paramentação e de lavagem e higiene de mamadeiras, além das áreas de manipulação, armazenamento e dispensação de fórmulas. “Essa atividade foi fundamental para os alunos conhecerem o funcionamento de um lactário hospitalar, suas normas e rotinas. Eles puderam vivenciar a prática do profissional nutricionista, que atua como responsável na criação de todas as normas, rotinas, análise de fluxo de trabalho e estrutura física do local”, explica o professor Alexandre.

Para a aluna Ana Célia Gurgel, a organização do lactário chamou atenção. “Vivências práticas na vida acadêmica, sob meu ponto de vista, sempre agregam valor ao que se é aprendido em sala de aula, na teoria. Afinal, uma imagem vale mais que mil palavras, não é mesmo?”, afirma. Segundo a futura nutricionista, a atenção na evolução clínica do paciente é fundamental para acompanhar sua recuperação, auxiliando na possível redução de complicações, bem como no tempo de internação. “Garantir o fornecimento de uma dieta equilibrada nutricionalmente é de suma importância no dia a dia do profissional nutricionista no ambiente hospitalar”, completa Ana Célia.