Moradores de municípios parceiros têm pontuação diferenciada no Vestibular de Medicina da UniFAJ

Moradores de municípios parceiros têm pontuação diferenciada no Vestibular de Medicina da UniFAJ

Amparo, Holambra, Indaiatuba, Jaguariúna, Pedreira e Santo Antônio de Posse são parceiros da Medicina UniFAJ e com isso, os moradores destas cidades são beneficiados com peso diferenciado no processo seletivo, aumentando as chances de aprovação

Com inscrições abertas para o primeiro processo seletivo do curso de Medicina (Humana), a UniFAJ – Centro Universitário de Jaguariúna oferece um diferencial aos moradores das cidades parceiras. Nesse processo seletivo, os candidatos de Amparo, Holambra, Indaiatuba, Jaguariúna, Pedreira e Santo Antônio de Posse terão pesos diferenciados na composição da sua nota final em comparação aos candidatos de outras localidades, o que aumenta sua oportunidade de ser aprovado.

Para ser beneficiado, o munícipe de uma destas cidades deverá apresentar comprovante de residência no ato da inscrição, afirmando que é morador da cidade há três anos, no mínimo. Os detalhes constam no edital do processo seletivo disponibilizado no site do centro universitário.

De acordo com a comissão do vestibular, o processo seletivo, que é 100% on-line, permite que o candidato utilize a nota do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio de edições entre os anos de 2009 e 2019, e contará com uma fase de avaliação utilizando um software de alta tecnologia, garantindo a eficiência no processo. A decisão em fazer um vestibular on-line foi tomada com base nas recomendações estabelecidas pelo MEC – Ministério da Educação e autoridades sanitárias devido à COVID-19.

Ao todo, a UniFAJ ofertará 80 vagas, com aulas previstas para iniciar no segundo semestre de 2020.

 

PARCERIAS

Além da parceria com a prefeituras e secretarias municipais de Amparo, Holambra, Indaiatuba, Jaguariúna, Pedreira e Santo Antônio de Posse, o curso de Medicina da UniFAJ possui parcerias com o HAOC (Hospital Augusto de Oliveira Camargo de Indaiatuba), Hospital Walter Ferrari (Jaguariúna), FUNBEPE (Fundação Beneficente de Pedreira), Santa Casa Anna Cintra e Hospital Beneficência Portuguesa (Amparo), PHS/ Samaritano (Campinas, Americana, Indaiatuba e Hortolândia) e Policlínica de Holambra.

O curso de Medicina de Jaguariúna já nasce também com apoio de um conselho consultivo formado pelos Doutores Paulo Chapchap, Silvano Raia e Giovanni Guido Cerri, todos do corpo médico do Hospital Sírio-Libanês, e pelo Prof. Dr. Robson Capasso da Universidade de Stanford, numa estreita parceria com renomados centros de referência nacional e internacional em saúde. A Universidade do Minho em Portugal também é uma parceira do curso.

 

O CURSO

Autorizado pelo MEC no dia 22 de abril, o curso de Medicina (Humana) da UniFAJ foi avaliado com nota máxima (5) Ministério da Educação em todos os requisitos: projeto pedagógico, coordenação e corpo docente, e infraestrutura. Com este desempenho, a graduação do centro universitário fica entre os 5% dos melhores cursos do Brasil.

O projeto pedagógico diferenciado é baseado nas mesmas metodologias usadas em Universidades como Harvard, Oxford e MIT. Na UniFAJ, os alunos trabalharão com promoção e prevenção, desde o primeiro ano do curso, nas Unidades Básicas de Saúde e hospitais parceiros no projeto. Os estudantes enfrentarão situações-problemas, proporcionando uma preparação singular, uma formação humanizada e capacitação para o mercado de trabalho a partir da ampliação do conhecimento, instigando o aprendizado, aprimorando habilidades e competências.

“Essa é a concretização de mais um sonho que vem sendo sonhado há tempos. É com muito orgulho e muita força que trazemos o curso de Medicina de Jaguariúna”, ressalta o Reitor, professor Dr. Ricardo Tannus.

As aulas ocorrerão no campus VI, construído especialmente para receber o curso, que é o CCEM (Centro Clínico de Especialidades Médicas), localizado na Rodovia Adhemar de Barros (SP 340), km 127, nº280, Tanquinho Velho, que deve ser inaugurado em breve. Este é o sexto campus da UniFAJ e conta com mais de 2.300 m² de área construída. O objetivo é atender a população de Jaguariúna e ser um espaço para a prática da Medicina pelos estudantes. O local beneficiará também cidades da região em diversos aspectos, entre eles o educacional e a melhoria nos índices de saúde pública.

As aulas do curso previstas para iniciar em agosto deste ano, seguirão de acordo com o Projeto Pedagógico da graduação da UniFAJ que foi aprovado com nota máxima pelo MEC, bem como as orientações dos órgãos competentes neste momento de Pandemia e isolamento social.

 

A UniFAJ

A UniFAJ conta com mais de 25 cursos das áreas de Humanas, Saúde, Exatas e Agrárias, que têm por proposta a vivência prática da carreira. Sendo eles, considerados os melhores do Brasil de acordo com pesquisas referências na área educacional, como o Ranking Universitário Folha – RUF, que em 2019, a instituição foi classificada como o 4º melhor centro universitário do País e o 2º melhor do estado de São Paulo.

VESTIBULAR

O interessado deve acessar www.faj.br/medicina e realizar a inscrição no Vestibular de Medicina. A taxa de inscrição é de R$200,00 e a prova será no dia 13 de junho. Para mais informações, basta entrar em contato pelo telefone 0800 755 55 55 ou no site da instituição  www.faj.br .

 

Texto de Nathália Ferreira (MTB 86473) e contribuição de Tatiane Dias – (MTB 67029)