NEPI realiza evento “Iniciação Científica e APS: desenvolvendo as competências e habilidades”

NEPI realiza evento “Iniciação Científica e APS: desenvolvendo as competências e habilidades”

O NEPI (Núcleo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares) organizou, no dia 30 de junho, um evento em que os alunos de Iniciação Científica apresentaram trabalhos que alinharam o projeto de pesquisa desenvolvido a alguma APS (Atividade Prática Supervisionada) e qualquer curso da Instituição. 

O encontro contou com a abertura da Pró-Reitora, Professora Maria Cristina Traldi, que ressaltou a importância da pesquisa e de espaços como o proporcionado pelo NEPI e parabenizou os alunos pelos trabalhos desenvolvidos. 

“Estamos na metade do percurso da Iniciação Científica, os projetos começam a ganhar corpo, a pesquisa vai se materializando e a motivação dos alunos aumenta a cada dia”, comenta o professor João Guilherme Cren Chiminazzo membro do NEPI. 

A aluna Liangrid Nunes Barroso Rodrigues do curso de Medicina Veterinária diz que: “o evento foi um marco na minha história de estudante e tenho certeza que na vida de todos os envolvidos nesse início de jornada científica”. 

Além disso, o evento proporcionou, aos presentes, um diálogo entre as diversas áreas do conhecimento da Instituição. Foi possível, ouvir e discutir diferentes projetos despertando, nos alunos, a reflexão crítica importante para o processo da pesquisa científica. 

A mediação das apresentações foi realizada pela Professora Doutora Ana Maria Girotti Sperandio (Coordenadora Geral do NEPI) e os comentários feitos pelos professores membros do NEPI. Devido a qualidade e dedicação dos alunos, o evento que seria realizado apenas no dia 30 de junho, teve continuação no dia 02 de julho. “É gratificante ver a sala (virtual) cheia de alunos interessados na pesquisa científica, agradeço a todos os participantes”, destaca a professora. 

O Professor Carlos Cenci Júnior deixou aos alunos e participantes o seguinte trecho sobre o evento: “oportunidade de ver pesquisas em diversas áreas, e isso é excelente para nós porque nos fechamos em um ‘mundinho’ e não vê o quanto a UniFAJ e a UniMAX têm o potencial de produzir pesquisas de ponta. Estou impressionado com pesquisas que não são da minha área”, ressalta. 

Já a Professora Daniela Donadon deixou essas palavras: “nesses dois dias, eu ouvindo esses jovens falando de suas pesquisas foi um oásis no meio desse período que estamos vivendo, ver esses jovens falando de inclusão; humanização do atendimento médico; falando em uma cosmética ecológica, natural;(…) métodos de construção que protejam a Vida, o Bem do ser humano foi realmente um privilégio”. 

Os eventos do NEPI sempre são iniciados com uma música ou um vídeo e é um momento de encontro com os colegas, com a pesquisa, com a ciência. Duas alunas deixaram os seguintes símbolos para o evento: o Horizonte, “abriu um horizonte de oportunidades”; e diamantes, “cada um de nós brilhamos ao apresentar nossos trabalhos”. 

 TEXTO: NEPI