Agende uma visita!


    UniFAJUniMAXFAAGROH

    Tendência de mercado, Panificação Artesanal e Fermentação Natural é tema de palestra organizada pelo curso de Gastronomia

    Em evento online, estudantes e público em geral puderam receber orientações do consultor em panificação, Eriksen Miyasaki, Mestre em Engenharia de Alimentos
     
    Com foco no que há de mais atualizado no mercado profissional, o curso de Gastronomia da UniFAJ – Centro Universitário de Jaguariúna – trouxe aos estudantes e público em geral o tema: “Panificação Artesanal & Fermentação Natural” em uma palestra online ministrada pelo consultor em panificação, Eriksen Miyasaki.
    A fermentação natural é uma tendência no mundo gastronômico por propiciar novas texturas e sabores a partir de um processo artesanal e menos que artificial que oferece também qualidade aos pães. Cada dia mais este nicho de mercado encontra novos adeptos.
    Para agregar conhecimento aos participantes, foi convidado um especialista na área: Eriksen Miyasaki tem graduação e mestrado na área de Engenharia de Alimentos; fez pesquisa na Embrapa-Trigo (Passo-Fundo/RS) na avaliação tecnológica do Trigo; estagiou durante dois anos e meio no Cereal Chocotec no Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL/Campinas). Ele é também professor de panificação desde 2015 e mestre padeiro e proprietário da boulangerie Trighum.
    Com a presença dos estudantes de Gastronomia, Nutrição e Engenharia de Alimentos, além de público externo, durante a palestra, o Chef Eriksen Miyasaki, abordou técnicas de panificação artesanal e fermentação natural; gestão de negócios; tendências da panificação; aspectos sensoriais e nutricionais do pão e; diferenciais da fermentação natural.
    “A palestra se fez de grande relevância para todos os presentes, abordando temas pertinentes ao grande universo da panificação e gastronomia. Hoje em dia, cada vez mais, devemos ter um diferencial em nossos produtos, e trabalhar com fermentação natural é uma grande escolha. É uma área em desenvolvimento aqui no Brasil e já com muitos apoiadores e apreciadores”, ressalta o coordenador do curso de Gastronomia, professor Sérgio Rischiotto.
     
    Saiba mais sobre:

     
    Foto: Arquivo Pessoal
    Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)

    Skip to content